Ano-novo: venda de roupas sobe 5% no Distrito Federal

Segundo o Sindivarejista, o comércio segue aquecido para a chegada de 2022. As cores de roupas mais procuradas são branca, amarela e vermelha

0
2716

De acordo com informações divulgadas pelo Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal (Sindivarejista), a procura por roupas para a noite de réveillon deve crescer em 5%, se comparado a mesma data em 2020, onde o número estava em 2%.

O sindicato estima que os trajes mais procurados são das cores branca, amarela e vermelha. O vice-presidente do Sindivarejista, Sebastião Abritta, disse nesta quarta-feira (29/12) que, mesmo com as restrições impostas pela covid-19, o fim de 2021 e a chegada de 2022 serão marcados por reuniões sociais respeitando as regras sanitárias.

“Não se pode negar que 2021 foi melhor que 2020. Temos elevado o número de pessoas vacinadas no DF e os casos de covid-19 vem caindo. Isso leva ânimo, não só aos consumidores, mas também aos lojistas que esperam vendas em alta” acrescentou Abritta.

Na sexta-feira (31/12), todo o comércio do Distrito Federal funcionará até as 19h, mas no dia 1º de janeiro não há previsão de abertura.

Natal

Após o resultado negativo no Natal de 2020, os comerciantes do Distrito Federal comemoram o aumento do faturamento entre 16% e 19% em 2021. O balanço divulgado na manhã de domingo (26/12) pelo Sindivarejista mostrou que as expectativas foram superadas em até 5 pontos percentuais em relação ao projetado pelo setor.

Os setores com os melhores resultados foram as lojas de confecções, brinquedos, calçados e miudezas, com incremento médio no faturamento de 19%. O Sindivarejista projetou que neste Natal haveria um aumento de 12% a 14% nas vendas, em relação a 2020.

Por Rafaela Martins do Correio Braziliense com informações de PH Paiva

Foto: Ed Alves/CB/D.A Press