Hospital de campanha para reforço em casos de dengue ficará em Ceilândia

Os módulos serão montados em área ao lado do Hospital do Sol e da UPA de Ceilândia

0
958

A região de Ceilândia foi escolhida para receber o hospital de campanha das Forças Armadas que ajudará a ampliar o acesso ao atendimento médico aos pacientes com dengue. A unidade será estacionada entre o Hospital do Sol e a UPA de Ceilândia a partir da próxima semana.

“Hoje, 40% dos casos de dengue do DF estão no Sol Nascente/Pôr do Sol e em Ceilândia. Então, ficou definido que os oito módulos ficarão na cidade”, afirmou a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

A estrutura será cedida pela Aeronáutica. Serão sete módulos de células e um laboratório para compor a Rede Pública de Saúde. Efetivos, equipamentos e insumos das forças também serão concedidos ao DF. O hospital terá funcionamento de 24 horas, com cadeiras de hidratação e leitos.

“Queremos levar o atendimento para mais perto da população. O GDF está atento e preocupado com a situação da dengue”, destacou o secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha.

A medida é mais uma parceria do GDF com o Ministério da Defesa, que também cedeu nos últimos dias 247 militares para atuarem nas ações do governo. Os militares estão nas ruas, nas vistorias às casas, como motoristas de fumacê e atuando nas ambulâncias, além de cederem camas de campanha.

Por Adriana Izel da Agência Brasília

Foto: Paulo H Carvalho/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília