Carnaval: Detran-DF registra 27 multas por recusa ao bafômetro

Durante o carnaval desse sábado, agentes do Detran-DF realizaram 27 autuações por recusa na realização do teste do bafômetro. Durante o dia de folia, agentes removeram 16 veículos

0
730

Durante esse sábado (10/2) de carnaval, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) realizou 200 abordagens, que resultaram em 27 autuações por recusa na realização do teste do bafômetro. Durante o dia de folia, agentes removeram 16 veículos irregulares, registraram quatro atuações por condução de veículo por motorista inabilitado, duas por habilitação vencida e quatro por uso de escapamento de forma irregular em motocicletas.

As equipes promoveram campanhas educativas em bares e blocos carnavalescos. Segundo o Departamento de Trânsito, a noite terminou sem registros de sinistros com vítimas fatais nas vias urbanas do DF.

Videomonitoramento

Para este carnaval, a SSP implementou o Programa de Videomonitoramento Urbano (PVU), com câmeras instaladas por todo o DF, acompanhadas a partir da coordenação do Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). Os eventos contaram com o reforço dos equipamentos instalados nas viaturas móveis da PMDF e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), além de drones, empregados em áreas de difícil acesso.

O monitoramento é feito de maneira integrada entre as forças de segurança e outros 30 órgãos, assim como instituições e agências do governo local e federal.

Campanhas educativas

A SSP aposta que o sucesso das ações da segurança pública no Carnaval do DF está relacionado às ações preventivas. Um exemplo dessas ações é a campanha de identificação de crianças da PMDF para evitar o desaparecimento dos pequenos foliões. Além das carteirinhas de identificação, disponíveis no site da corporação, são também distribuídas pulseirinhas de identificação nos postos montados nos blocos com público infantil.

O GDF tem chamado a atenção sobre a importância do respeito à diversidade, ao combate à violência de gênero, à prevenção criminal e aos cuidados no trânsito. Cards e vídeos tem movimentado as redes sociais e os blocos carnavalescos, priorizando o enfrentamento à violência contra as mulheres. Há uma série de dicas e orientações para os dias de folia, que estão sendo reproduzidas pelos órgãos que compõem a segurança pública do DF.

Por Correio Braziliense

Foto: Detran-DF/Divulgação / Reprodução Correio Braziliense