Brasília é a segunda cidade brasileira mais procurada por turistas nesse fim de ano

Cresce a procura por viagens com Brasília como destino

0
134

Brasília é a segunda cidade brasileira mais procurada para os feriados de final do ano em 2022. De acordo com a pesquisa realizada pela plataforma ClickBus, só fica na frente, Vitória da Conquista. Segundo o Consórcio Novo Terminal, na rodoviária interestadual de Brasília, 3500 passageiros em média, desembarcam diariamente no quadradinho.

Em Brasília a passeio, Welliton Luiz da Silva, 46 anos, assistente de marketing, e Cristina de Oliveira, 56 anos, relações públicas, vieram de ônibus de Sacramento, Minas Gerais. Aqui na capital eles vão visitar os amigos, fazer passeios turísticos pela cidade, e também vão para Caldas Novas, Goiás. Cristina já tinha visitado Brasília antes, mas Welliton não conhecia a capital ainda. “Gosto daqui, a culinária é muito vasta, e a cidade é super organizada”, comentou Cristina.

Entretanto, mesmo que ela já tenha passado pela cidade antes, ela diz ainda ficar um pouco desorientada com o tanto de gente que tem, e o quão grande tudo é. “A gente não está acostumado com tudo isso, vindo de Sacramento, lá é muito pequeno, fazemos tudo a pé”, conta. Mas ela aprecia que Brasília tenha de tudo um pouco. “Uma miscelânea do resto do país”, completa.

Mariana Valente Lima, 36 anos, doméstica, mora em Piracicaba, Goiás, e veio para Brasília para visitar uma amiga. É a segunda vez que vem a passeio, e ela está animada porque tem muita coisa para conhecer na região.

Jéssica Costa, 26 anos, secretária, já morou em Riacho Fundo I e Recanto das Emas, mas hoje mora na cidade onde nasceu, Campos Belos, Goiás. “Eu gosto daqui, e pretendo voltar a morar aqui um dia”, afirma. Nesse fim de ano, ela veio passar os feriados de natal e ano novo com o avô que mora na capital.

Quem mora longe da família, geralmente aproveita os feriados de fim de ano para matar a saudade. Assim como Maria José Coelho, 53 anos, dona de casa, que mora no Piauí, mas as filhas vivem em Brasília. “Vim matar a saudade das minhas netas, que estão me esperando”, destaca. Ela sempre vem visitar as filhas, então já está acostumada com a cidade. Atualmente, quando está na capital, passa toda a viagem com a família. “O tempo é pouco aqui, e temos que aproveitar bastante”.

Também do Piauí, Ricardo Luiz Araujo Silva, 20 anos, desembarcou em Brasília atrás de uma oportunidade de trabalho. “Recebi uma proposta, ainda não é certo. Mas vamos ver no que dá e quanto tempo eu fico por aqui”, diz. Ele pretende aproveitar a oportunidade, e como já conhece a capital, gostaria de ficar mais.

Lucelia Silva Santos, 40 anos, do lar, mora em Mato Grosso, mas a família é de Brasília. “Vim passar o fim do ano com eles”. Ela sente muita saudade daqui, apesar de ter dez anos que se mudou. “Mas é a cidade onde nasci e cresci. As rotinas das cidades, quando a gente muda, são tão diferentes”, declara. Ela se sente como uma turista agora, e faz coisas aqui que não fazia quando era moradora. “Passeio, tiro foro, e tem lugar que eu não fui quando morava aqui, e vim conhecer depois quando estava visitando”. Os museus da cidade e o Pontão do Lago são alguns dos lugares que ela explorou como turista pela primeira vez.

Segundo o secretário de Turismo, William de Arruda, a notícia de que Brasília está bem procurada pelos turistas, aquece toda a economia da cidade por meio das mais de 50 atividades econômicas que atuam no segmento turístico. Ele aponta que o crescimento no número de turistas em Brasília é fruto de um trabalho integrado, realizado na gestão do governador Ibaneis Rocha. Com isso, cada vez mais existe a oportunidade de geração de emprego e renda. “Todo o comércio, os equipamentos turísticos dentro da cidade e das regiões administrativas, estão prontos para receber os brasileiros do país inteiro com segurança pois todas as medidas necessárias estão sendo implementadas”, salienta.

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Reprodução do Jornal de Brasília