Cartão Material Escolar começa a ser creditado hoje (09/02)

Mais de 84 mil estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal vão receber o benefício no pagamento inicial, que totaliza quase R$ 27 milhões

0
179

Mais de 84 mil estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal vão receber o benefício do Cartão Material Escolar (CME) de 2023 no primeiro lote do pagamento, que deve ser pago até esta quinta-feira (9), quatro dias antes do início do ano letivo.

R$ 117.535.335foi o valor investido pelo GDF no Programa Material Escolar até 2022 para atender 379.441 estudantes

O primeiro lote será destinado às famílias de estudantes dos ensinos fundamental e infantil que já possuem o cartão – veja se você foi contemplado no site GDF Social. Mais de 53 mil famílias serão beneficiadas e o valor total investido nesta primeira parte dos pagamentos é de quase R$ 27 milhões.

O restante dos cidadãos que têm direito ao benefício receberá no segundo lote, previsto para ser pago no início de março.

O CME é destinado a estudantes regularmente matriculados na rede pública de ensino do Distrito Federal, que tenham entre 4 e 17 anos, cujos pais ou responsáveis legais sejam beneficiários do Programa Auxílio Brasil. As famílias recebem R$ 320 para cada aluno matriculado na educação infantil e fundamental e R$ 240 para cada estudante do ensino médio.

O Programa Material Escolar foi instituído pela Lei nº 6.273/2019. Até 2022, o GDF investiu R$ 117.535.335 no programa para atender 379.441 estudantes. O programa é realizado em parceria das secretarias de Desenvolvimento Social e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet), conforme institui a Portaria Conjunta nº 02, de 19 de janeiro de 2023.

Como utilizar

A Sedet credenciou as papelarias do Distrito Federal aptas a participar do programa de fornecimento de material didático aos alunos matriculados na rede pública de ensino. Veja os estabelecimentos credenciados aqui.

A lista de materiais que podem ser adquiridos está disponível neste link.

*Com informações da Secretaria de Educação do DF

Por Agência Brasília

Foto: Mary Leal / Ascom Educação-DF / Reprodução Agência Brasília