Mais dois concursos vão reforçar a saúde pública do DF

Seplad publica editais prevendo mais de 550 vagas imediatas para técnico em enfermagem e para a carreira de gestão pública em saúde

0
94

A saúde do Distrito Federal vai ganhar reforços. O Governo do Distrito Federal realizará mais dois concursos públicos ainda este ano. Nesta sexta-feira (19), os editais da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (Seplad) para a seleção foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). No total, são ofertadas 550 oportunidades imediatas para os cargos de técnicos em enfermagem, além de técnicos e analistas em gestão e assistência pública à saúde (Gaps). As inscrições iniciam em 1º de junho.

“Só neste ano, nomeamos mais de 4,5 mil servidores tanto da área de saúde quanto na área de educação. Isso reforça o compromisso do governador Ibaneis Rocha com a melhoria da oferta dos serviços e também com a valorização dos servidores que estão na ativa”Ney Ferraz, secretário de Planejamento

Conforme as publicações, os candidatos ao cargo de técnicos de enfermagem vão concorrer a 200 vagas imediatas e 1.000 para cadastro de reserva. As inscrições devem ser feitas no site da Funatec entre os dias 6 de julho e 8 de agosto. A taxa para a realização das provas custa R$ 65,00.

Os técnicos em enfermagem serão contratados para o regime de 20 horas semanais, com remuneração inicial de R$ 1.735,50. As provas serão objetivas e aplicadas na data provável de 3 de setembro deste ano.

Já para os cargos da carreira de gestão e assistência pública à saúde são oferecidas 300 vagas imediatas e 1.952 de cadastro de reserva para analistas (nível superior); além de 50 imediatas e 1.700 de cadastro de reserva para técnicos (nível médio). As inscrições devem ser realizadas no site da Consulpam entre os dias 1º e 20 de junho e custarão R$ 86,77 (analista) e R$ 84,92 (técnico). As remunerações são para 20h/semanais e variam entre R$ 1.735,00 e R$ 1.698,46.

Saúde como prioridade

O secretário executivo de Gestão Administrativa da Seplad, Ângelo Roncalli de Ramos Barros, destaca que a realização dos novos concursos demonstra a preocupação e a prioridade desta gestão com a área da saúde. “O objetivo é tão somente a busca pela melhoria do atendimento ao público e do trabalho dos nossos profissionais”, resume.

“O governador determinou que a gente se esforçasse para realizar esses editais ainda neste ano. A saúde carece de mais reforços de pessoal e estamos trabalhando para viabilizar isso”, explica o secretário de Planejamento, Ney Ferraz. “Só neste ano, nomeamos mais de 4,5 mil servidores tanto da área de saúde quanto na área de educação. Isso reforça o compromisso do governador Ibaneis Rocha com a melhoria da oferta dos serviços e também com a valorização dos servidores que estão na ativa”, acrescenta.

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, afirma que os novos servidores serão fundamentais, inclusive, para projetos a longo prazo. “Planejamos a construção de pelo menos mais três hospitais – São Sebastião, Guará e Recanto das Emas –, além de novas UPAs. Com a ampliação da infraestrutura, também precisaremos contratar mais servidores”, avalia.

*Com informações das secretarias de Planejamento, Orçamento e Administração e de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília