Remuneração de servidor é assunto mais buscado no Portal da Transparência do DF

Temática está em primeiro lugar nas buscas desde 2018. Demais temas são servidores por órgão, despesas por credor e beneficiários de programas sociais

0
61

A remuneração dos servidores é o assunto mais buscado no Portal da Transparência do Distrito Federal desde 2018. De acordo com dados levantados pela Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF), somente em 2022, as buscas para saber o quanto cada servidor público ganha atingiram 22% das pesquisas feitas no portal. Na aba Remuneração dos Servidores, é possível saber quanto ganha um servidor, qual é o salário médio em cada órgão, e até mesmo comparar os salários com outras esferas do governo.

“As buscas do cidadão no Portal da Transparência do DF demonstram que a população quer saber como o governo tem investido o dinheiro público. Essa participação social serve também como um radar para sabermos as principais áreas de interesse do brasiliense em relação ao GDF”, Daniel Lima, controlador-geral do DF

No ranking de assuntos buscados estão ainda a quantidade de cargos efetivos e de comissionados, além do número de servidores por órgão. Nessas buscas é possível fazer um comparativo de quantos servidores concursados existem em cada órgão e no Governo do Distrito Federal (GDF) como um todo e a relação entre esses servidores e os contratados temporários ou comissionados. Dessa forma, o cidadão pode entender a estrutura dos órgãos do GDF e verificar se o governo está cumprindo a legislação com relação à quantidade de cargos comissionados ocupados ou não por servidores públicos.

Os dados levantados mostram que, desde 2018, os termos de busca seguem o mesmo padrão e que a remuneração de servidores sempre está no topo das buscas. O controlador-geral do Distrito Federal, Daniel Lima, ressalta que o Portal da Transparência é uma das ferramentas de controle social disponíveis para que o cidadão possa fiscalizar o governo. “As buscas do cidadão no Portal da Transparência do DF demonstram que a população quer saber como o governo tem investido o dinheiro público. Essa participação social serve também como um radar para sabermos as principais áreas de interesse do brasiliense em relação ao GDF”, explica.

Os beneficiários de programas sociais também são um tema de grande interesse nas buscas feitas pela população no Portal da Transparência, para saber como é feita a distribuição dos recursos. Além da remuneração dos servidores, o usuário busca os valores gastos com saúde, educação e segurança.

As licitações e os contratos também aparecem no ranking dos assuntos mais buscados no Portal da Transparência. “Com as informações apresentadas pelo portal é possível saber quais empresas são contratadas pelo governo, quais os serviços prestados e o valor de cada um dos contratos”, informa a subcontroladora de Transparência e Controle Social da CGDF, Rejane Vaz.

Recorde

Lançada em abril de 2022, a versão mobile do Portal da Transparência do DF já bateu recorde: 1 milhão de visualizações somente no primeiro trimestre deste ano. Em 2022, conquistou a marca de 2,1 milhões de visualizações. O site do Portal da Transparência bateu mais de seis milhões de acessos em 2022; já no primeiro trimestre de 2023, foram mais de dois milhões de acessos. Se somados os números do portal mobile e a versão web, em março, foi alcançado o recorde de 1 milhão de acessos em apenas um mês.

E em dezembro de 2022, a CGDF recebeu o Prêmio Abep, da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação, em Excelência em Governo Digital, pela versão mobile do Portal da Transparência do DF, na categoria Melhor solução de Governo Digital para Governo Aberto – e-Gov.

*Com informações da Controladoria-Geral do DF

Por Agência Brasília

Foto: Arte: CGDF / Reprodução Agência Brasília