Ação da DPDF atende mais de 3 mil mulheres em seis edições

O Dia da Mulher, iniciativa destinada ao público feminino em situação de vulnerabilidade, ocorre na primeira segunda-feira de cada mês e oferta diversos serviços gratuitos

0
66

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) atendeu 3.566 mulheres durante as seis edições do evento. Realizada desde maio deste ano, a ação mensal é destinada ao público feminino em situação de vulnerabilidade e ocorre na primeira segunda-feira de cada mês. Caso seja feriado, o evento é realizado no primeiro dia útil subsequente.

Apenas na última edição, realizada em 2 de outubro, 780 mulheres foram atendidas. Durante a ação, as participantes tiveram acesso testes de papilomavírus humano (HPV), mamografias, exames citopatológicos, inserção de DIU, exames de DNA, atendimentos odontológicos, consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem além de atendimentos de mediação, orientação jurídica e psicossocial, entre outros.

“A iniciativa é um instrumento crucial para proteger, empoderar e promover os direitos das mulheres em situação de vulnerabilidade. A ação é um passo importante na promoção da igualdade de oportunidades e na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva” Emmanuela Saboya, subdefensora pública-geral

Em cada edição uma nova parceria é firmada aumentando a oferta de serviços prestados. Na 6ª edição do evento, o Dia da Mulher contou com o apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que realizou testes de papilomavírus humano (HPV). Os casos positivos foram encaminhados no mesmo dia para o tratamento. Na 5ª edição, a novidade foi o balcão de empregos ofertado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF (Sedet-DF).

A subdefensora pública-geral, Emmanuela Saboya, explica que a implementação de ações gratuitas voltadas para o público feminino vulnerável desempenha um papel crucial na promoção da igualdade de gênero, no combate à violência e no fortalecimento das mulheres.

“A iniciativa é um instrumento crucial para proteger, empoderar e promover os direitos das mulheres em situação de vulnerabilidade. A ação é um passo importante na promoção da igualdade de oportunidades e na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva”, definiu. “Em breve criaremos um programa com o mesmo formato para atender, exclusivamente, pessoas com deficiência”, adiantou Emmanuela Saboya.

Thaís Souza Miranda, de 25 anos, esteve na 6ª edição do projeto em busca do exame de mamografia. Moradora de Santa Maria, a dona de casa já participou das primeiras cinco edições e, desta vez, veio com a mãe e o filho para o Nuclão da DPDF. “Os serviços mensais prestados neste dia são muito importantes para as mulheres que precisam. Participo de todas as edições, pois sempre há alguma nova parceria que traz benefícios para minha mãe e para mim”, afirmou.

Dia da Mulher

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF é uma ação mensal gratuita destinada ao público feminino vulnerável que ocorre na primeira segunda-feira de cada mês. Caso seja feriado, o evento será realizado no primeiro dia útil subsequente. O intuito da iniciativa é acolher e levar cidadania às mulheres, além de garantir o exercício dos direitos fundamentais dessa parcela da sociedade.

A ação tem como parceiros o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes-DF), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), a Secretaria da Mulher do DF (SMDF), a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus-DF), a Sedet-DF, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e a Administração Regional do Plano Piloto.

*Com informações da DPDF

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/DPDF / Reprodução Agência Brasília