Programa de riscos aumentará segurança no trabalho de reeducandos do DF

Iniciativa da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal atende a demanda da Procuradoria Regional do Trabalho

0
778

A Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal (Funap-DF), comprometida com a ressocialização de indivíduos no sistema prisional, vai contratar empresa especializada em engenharia de segurança e medicina do trabalho para o desenvolvimento de um programa de gerenciamento de riscos (PGR). A iniciativa visa abordar os riscos ocupacionais relacionados às atividades realizadas pelos reeducandos que prestam serviços nos diversos órgãos públicos, empresas privadas e unidades prisionais do DF.

Apesar do sucesso nas frentes de trabalho, a Funap reconhece a importância de abordar questões relacionadas à segurança do trabalho. Atualmente, a instituição não conta com um setor específico para tratar desses assuntos, o que levou à decisão de buscar uma contratação especializada na área.

Recentemente, a Funap recebeu orientações da Procuradoria Regional do Trabalho para elaborar um PGR. O programa compreende ações coordenadas de prevenção, visando garantir condições e ambientes de trabalho seguros e saudáveis para os reeducandos.

Com 29 atividades e funções e mais de dois mil reeducandos, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e a Funap buscam assegurar um ambiente de trabalho seguro nas diversas frentes de atuação para todos os envolvidos nesse processo de ressocialização.

Para a diretora-executiva da Funap, Deuselita Martins, essa iniciativa ressalta a constante busca da fundação por melhorias e inovações que contribuam para o sucesso de seus programas de ressocialização.

*Com informações da Funap

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/ Funap-DF / Reprodução Agência Brasília