Monólogo no DF retrata jornada em busca do autoperdão

Protagonizada pela atriz Cássia Gentile, peça ‘Guetera’ estreia neste sábado (16) no Teatro do Brasília Shopping; a montagem conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC)

0
87

Neste fim de semana (16 e 17), o Teatro do Brasília Shopping será palco do espetáculo Guetera. Protagonizado pela atriz Cássia Gentile, a montagem é um monólogo sobre a personagem-título, uma mulher amargurada em busca de fazer as pazes com as próprias imperfeições. As sessões serão às 20h, com entrada franca mediante retirada de ingresso pelo site Sympla.

“É sobre uma mulher que vinha numa crítica feroz ao outro. Tudo isso vinha de uma amargura de si mesma. E agora ela tem que encarar que é tão imperfeita como qualquer um que ela critica. É um texto que tem muitas lições para quem assiste”, define a protagonista, dramaturga e diretora Cássia Gentile.

O texto foi desenvolvido ao longo de 13 anos e, agora, com os recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), gerido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec-DF), será encenado para o público. “Eu diria que o FAC é fundamental. Ele possibilita que as ideias sejam colocadas em prática. É um início para que gente apaixonada pelo que faz, como eu, possa compartilhar e colocar na rua uma ideia – para, quem sabe, se tornar conhecida”, avalia a atriz.

Após as encenações neste mês, Guetera será apresentada para mulheres em situação de vulnerabilidade social e violência doméstica em casas de acolhimento. “Acho que é um texto que dá ideia de esperança. Mostra que existem possibilidades e caminhos, principalmente porque as mulheres se sentem muitas vezes culpadas pelo que vivem e sofrem. No texto, Guetera coloca muito claro que ela pode se amar, mesmo sendo imperfeita. Existe uma passagem para as mulheres em situação de vulnerabilidade que trata de sair daquilo que te faz infeliz”, revela Cássia.

Serviço

Espetáculo Guetera
Data: sábado e domingo (16 e 17), às 20h
Local: Teatro do Brasília Shopping
Ingressos: Entrada gratuita, mediante retirada de ingressos pelo Sympla
Classificação indicativa: recomendado para menores de 14 anos.

Por Adriana Izel, da Agência Brasília

Foto: Reprodução Agência Brasília