GDF nomeará 800 aprovados em concurso para magistério, diz Sinpro

Segundo o sindicato, a informação foi repassada pelo chefe da Casa Civil do DF, Gustavo do Vale Rocha

0
59

O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) informou que 800 aprovados no concurso para o magistério, realizado em 2022, serão nomeados imediatamente. Segundo o sindicato, a informação foi repassada pelo chefe da Casa Civil do DF, Gustavo do Vale Rocha, durante uma reunião intermediada pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT). 

O objetivo é de nomear 776 professores e 20 orientadores educacionais. O quantitativo é referente ao número de vagas imediatas previstas no edital de abertura do certame. 

Outra novidade é que será apresentado um cronograma de novas nomeações em janeiro de 2024. Ele será elaborado com o objetivo de indicar e sistematizar a nomeação dos 3.104 professores e 80 orientadores educacionais aprovados no cadastro reserva. 

Na reunião, realizada na segunda-feira (11/12), o Sinpro destacou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024 previa a contratação de 6,2 mil novos professores e 1 mil orientadores para a rede pública do DF. 

Entretanto, o governador do DF, Ibaneis Rocha, vetou o trecho do texto e lançou na proposta a convocação de apenas 630 servidores para a Educação. 

Em contraponto, Gustavo do Vale Rocha informou que a LDO é autorizativa e não impositiva, e pode ser alterada durante o ano. O chefe da Casa Civil também informou que um novo concurso para o magistério será organizado em 2024. 

O Correio entrou em contato com a assessoria da Casa Civil para confirmar as informações, mas não teve retorno. O espaço segue aberto para manifestação. 

Por Yasmin Rajab do Correio Braziliense

Foto: Reprodução / Reprodução Correio Braziliense