Procon-DF: mais de 73 mil consumidores foram atendidos

Órgão de fiscalização do comércio intensificou ações; equipes visitaram 4.089 estabelecimentos durante 2023

0
117

“O trabalho no Procon se sustenta em um tripé que é o atendimento ao consumidor, a fiscalização do comércio e a educação de consumidores e lojistas. Nosso foco atual de gestão é cuidar da população do Distrito Federal nas relações de consumo, priorizando solucionar os problemas dos consumidores de maneira rápida e efetiva.

Nesse ano que se encerra, atendemos mais de 73 mil consumidores. Desse total, resolvemos os casos em 89% das vezes. Desde o início deste governo, o Procon vem registrando, anualmente, o aumento do número de cidadãos que nos procuram para resolver conflitos de consumo. Entre 2019 e 2022, cresceu em 30% o total de consumidores atendidos a cada ano – uma média de 65 mil atendimentos anuais, demonstrando que a população do DF confia no nosso trabalho.

Na fiscalização, nossos agentes visitaram 4.089 estabelecimentos em 2023. Travamos verdadeira batalha na defesa do consumidor contra os sucessivos aumentos de preços dos valores da gasolina no DF. Fiscalizamos 248 postos de combustíveis ao longo do ano, período em que 50 estabelecimentos foram autuados por infração.
Apreendemos mais de 200 quilos de carne vencida em Santa Maria e retiramos do mercado mais de 1,2 mil litros de leite contaminados. Também lutamos para defender os consumidores da nossa capital contra a suspensão das viagens pela empresa 123 Milhas, proibindo a operadora de vender produtos no Distrito Federal e denunciando sua conduta à Polícia Civil.

Aplicamos R$ 19 milhões em multas em empresas que, após todas as tratativas de soluções para os casos, não atenderam aos direitos dos consumidores. Em 2023, também formamos 341 alunos e ministramos 14 cursos pela Escola do Consumidor, e finalizamos o concurso público para reforço do quadro técnico do Procon, que é de extrema relevância para a qualidade do nosso trabalho.”

*Marcelo de Souza do Nascimento, diretor-geral do Procon

Por Agência Brasília

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília