Brasilienses aquecem os tamborins para o início do carnaval no DF

Chegou a hora de brasilienses tirarem a fantasia do armário e se prepararem para uma das festas mais importantes da cultura popular. O Correio está a postos para prestigiar a folia

0
677

Preparem suas fantasias e os confetes para embarcar na temporada de carnaval e curtir essa festa do início ao fim. A expectativa da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SECEC) é que a celebração atraia mais de 1,7 milhão de pessoas para as ruas da capital do país.

A partir deste sábado (3/2), serão, pelo menos, 10 dias de folia consecutivos e não faltará diversidade musical, cores e muita alegria. Ao todo 56 blocos foram classificados para receber o apoio da SECEC e outros 11 o fomento da Associação Artística Mapati (AAMA).

A moradora da Ceilândia Rosandra Guedes, 47 anos, já garantiu a fantasia da filha, Maria Júlia, 8, para levá-la aos bloquinhos infantis da cidade. “Eu a levo ao carnaval desde os 2 anos. Acho importante porque faz parte da nossa cultura. Além de se divertir muito, ela cria memórias”, disse, animada. E observou: “Ela não gosta de repetir as fantasias para as fotos”.

Caixa em uma loja de fantasias há 11 anos, Eliane Rufino conta que houve aumento na procura na última semana. “As vendas estão melhorando e a tendência é que aumente cada vez mais. No momento, tem uma grande procura por acessórios, saias de tule, meias”, relatou.

Jorge Cimas, diretor do bloco Mamãe Taguá, contou que as expectativas são as melhores. “Queremos uma festa animada. Nós chamamos o público para o palco para causar uma interação do bem. Então, saia do sofá e venha brincar no carnaval porque nós queremos levar alegria e segurança para todo mundo, estamos preparados para receber tanto adultos como crianças”, garantiu.

Escolha dos melhores

O Correio Braziliense não poderia ficar de fora dessa festa. A sétima edição do CB.Folia está a postos para prestigiar o carnaval e premiar os melhores blocos de rua e foliões da capital durante os quatro dias de festa. A iniciativa busca valorizar a cultura no Distrito Federal, e fortalecer a relação de pertencimento à cidade que nasceu com o jornal. “Qualquer bloco que receba o prêmio do Correio será uma conquista para todos nós, porque o que queremos é que o carnaval seja mais valorizado”, avaliou Jorge Cimas, do Mamãe Taguá.

O CB.Folia contemplará as seguintes categorias, que serão avaliadas por um júri técnico composto por jornalistas do Correio: Melhor Bloco de Rua (1º, 2º e 3º lugares), Melhor Momento, Melhor Fantasia e, a novidade da edição deste ano, Melhor Fantasia Infantil.

Os brasilienses também poderão escolher o Melhor Bloco de Rua. Nesse quesito, a comissão do jornal irá aos desfiles e avaliará quatro pontos: sustentabilidade, estrutura, animação e respeito ao próximo. Quanto à Melhor Fantasia, os moradores do DF poderão “subir” (fazer upload), no site do Correio, fotos de seus próprios trajes carnavalescos, no formato “jpeg”, tomando o cuidado de que as imagens estejam nítidas. Além disso, deverão preencher um formulário informando nome completo, e-mail e telefone de contato. A escolha abordará duas categorias: adulto e infantil. Repórteres fotográficos do veículo também captarão nas ruas poses com gente fantasiada. Essas fotografias também entrarão na disputa, em que serão analisadas criatividade, originalidade e atualidade.

Sobre a categoria Melhor Momento, o prêmio será concedido à atitude, iniciativa ou momento que marque o carnaval deste ano no DF. A apuração do CB.Folia 2024 acontecerá em 14 de fevereiro, após as 18h. O resultado será divulgado dois dias depois, às 16h, no auditório do edifício-sede do Correio Braziliense, no SIG, Quadra 02, Lote 340, quando será feita a entrega do Troféu CB.Folia aos blocos e foliões vencedores desta edição.

*Com Caio Ramos, estagiário sob a supervisão de Patrick Selvatti

Por Mariana Saraiva do Correio Braziliense 

Foto: Ed Alves/CB/DA.Press / Reprodução Correio Braziliense