Excesso de velocidade e uso de celular lideram infrações nas rodovias do DF

Ações educativas e de fiscalização visam melhorar o comportamento dos condutores da capital. Só no ano passado foram mais de um milhão de multas aplicadas pelo DER

0
605

Mais de um milhão de multas foram aplicadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) nas rodovias do Distrito Federal. Excesso de velocidade, transitar na faixa exclusiva e uso do celular estão entre as principais violações registradas pelo órgão.

Com o objetivo de coibir as infrações de trânsito, o governo faz ações educativas e de fiscalização. Só no ano passado mais de 50 mil pessoas foram diretamente impactadas pelas campanhas e atividades de trânsito promovidas pelo DER-DF.

“Temos uma equipe de educação no órgão e fazemos diversas campanhas ao decorrer de todo o ano. Cumprimos as ações previstas no Sistema Nacional de Trânsito, como o Maio Amarelo e a Semana Nacional do Trânsito, e também fazemos outras que englobam pedestres, motociclistas, ciclistas e toda a diversidade de condutores”, explica o gerente de Campanhas Educativas do DER-DF, Adhemar Filho.

Outra medida educativa é o projeto Transitolândia, uma escola vivencial de trânsito para estudantes do 1º ao 4º ano. O espaço conta com atividades lúdicas, como peças de teatro sobre questões de segurança no trânsito. No ano passado, a proposta atendeu 13 mil crianças.

“Quando focamos nas crianças é porque temos essa visão de criar um conceito desde cedo sobre a importância do trânsito”, afirma o gerente. “Esses meninos e meninas se tornam verdadeiros fiscais dos pais. Isso faz parte da nossa luta para mudar alguns comportamentos que geram sinistros e impactos no trânsito. Infelizmente o trânsito ainda mata muito”, acrescenta.

A educação é só um dos pilares de atuação no trânsito. Outro ponto é a fiscalização que ocorre pela presença de equipes in loco e por meio dos radares eletrônicos e do monitoramento pela central operacional.

“Temos um acompanhamento diário das atividades. Avaliamos os relatórios e buscamos alternativas para tentar reduzir as infrações, que pode ser a intensificação da fiscalização”, defende o gerente de Fiscalização de Trânsito do DER-DF, Eduardo de Oliveira.

Por Adriana Izel da Agência Brasília

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília