Preços dos combustíveis dispara no DF

Sindicombustíveis aponta aumento de distribuidoras. Segundo Sindicato dos Postos de Combustível, o aumento é reflexo do reajuste praticado pelas distribuidoras. Além da gasolina, o etanol também teve aumento de até R$ 0,30

0
86

Nesta segunda-feira (1º/4), diversos postos de combustíveis do Distrito Federal surpreenderam os consumidores ao apresentarem os novos valores dos combustíveis na cidade. O preço da gasolina comum beira os R$ 6. Segundo o presidente do Sindicato dos Postos de Combustível do Distrito Federal (Sindicombustíveis-DF), Paulo Tavares, a mudança nos preços é um reflexo dos aumentos praticados pelas distribuidoras de combustíveis.

“Nós, revendedores, não compramos combustível da Petrobras, compramos das distribuidoras. E as distribuidoras, na última semana (entre os dias 25 e 31 de março), realizaram dois reajustes”, explicou Paulo. Esse movimento resultou em um aumento de R$ 0,25 no preço do litro da gasolina e de R$ 0,30 no do etanol.

O aumento gerou preocupação nos consumidores, especialmente quando se observa que o preço da gasolina vendida pela Petrobras está 17% abaixo das cotações internacionais, conforme apontado pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom).

O Correio tentou contato com a Brasal Combustíveis, umas das distribuidoras que atende o DF, mas não conseguiu ser atendido. Em caso de manifestação, o texto será atualizado. 

Por Débora Oliveira do Correio Braziliense

Foto: engin akyurt/Unsplash / Reprodução Correio Braziliense