TSE: número de jovens que querem votar nesta eleição supera o de 2020

Número de eleitores de 16 e 17 anos aumentou nesta eleição municipal, em comparação com a de 2020

0
39

No ano de realização das eleições municipais no Brasil, mais de 480 mil jovens de 16 e 17 anos solicitaram o título de eleitor entre janeiro e março de 2024. Segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, o número é bem superior ao que foi registrado no pleito de 2020. Na tarde de terça-feira (16), o magistrado se reuniu com a presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Manuella Mirella, e a diretora do Conselho Nacional de Juventude da instituição, Thaís Falone, para tratar do tema.

“Nos primeiros três meses de 2024, a Justiça Eleitoral registrou mais um aumento no número de alistamentos eleitorais entre pessoas de 16 e 17 anos. Mais de 480 mil jovens [nessa faixa etária] solicitaram o título de eleitor, número bem superior ao das últimas eleições municipais, de 2020”, ressaltou.

O último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) , de 2022, indicou que são mais de 5,7 milhões de jovens brasileiros entre 16 e 17 anos de idade que residem no país. Atualmente, os eleitores dessa faixa etária correspondem a mais de 1,3 milhão de pessoas.

Para Moraes, as campanhas de incentivo ao primeiro voto contribuíram para o aumento expressivo no número de títulos solicitados por esses jovens. O presidente do TSE também ressaltou que os cartórios eleitorais estarão abertos para essa finalidade até 8 de maio.

“É muito importante essa divulgação, para que os jovens saibam que ainda há tempo de se dirigirem até o cartório eleitoral, tirarem seu título com biometria, para que possam votar nas eleições deste ano, decidindo o seu prefeito, a sua prefeita, seus vereadores, suas vereadoras”, destacou.

* Com informações do TSE7

Por Luana Patriolino do Correio Braziliense

Foto: Evaristo Sa/AFP / Reprodução Correio Braziliense