GDF apresenta conquistas para o setor de turismo

Setur expõe os projetos aprovados na Câmara Legislativa para a Lei Orçamentária de 2023 referentes ao setor

0
151

A 73ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento de Turismo do Distrito Federal (Condetur), a última do ano, contou com grande participação do trade, onde foram apresentados os resultados desta gestão, proporcionando uma verdadeira mudança no turismo do Distrito Federal. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (14/12).

A reunião, conduzida pelo secretário de Turismo do DF, William Almeida, trouxe uma perspectiva de crescimento orçamentário relevante e o acolhimento pelo governo de transição a todas as propostas apresentadas pela pasta, muito celebrada pelos membros do conselho. “Destaco aqui a conquista alcançada nesta gestão, aprovada pelo governador Ibaneis Rocha, que irá atender aos mais de 50 segmentos turísticos. A Setur-DF passará a ter um orçamento de R$ 100 milhões no ano de 2023, metade deste valor será direcionado para emendas”, anunciou o secretário.

William Almeida reforçou a importância da retomada da reunião mensal do Condetur, que ocorreu nos últimos três meses e pode aproximar, ainda mais, todo o trade, fortalecendo as conquistas e atendendo às demandas. “Juntos, conquistamos resultados importantes que, com certeza, farão a diferença no futuro do turismo do Distrito Federal”, frisou o secretário.

Na ocasião, os demais dirigentes apontaram os resultados conquistados no ano e citaram algumas projeções para 2023. O chefe de Desenvolvimento de Negócios da Inframérica, Roberto de Oliveira, anunciou que o Aeroporto Internacional de Brasília chegou a dezembro com 95% de recuperação, após a pior fase da pandemia da covid-19. “Estamos com mais destinos domésticos comparado a 2019, hoje atendemos 47 destinos. Somos o aeroporto mais conectado do país. E a partir de março de 2023, a Azul entrará na ponte aérea com voos de Congonhas para Brasília. E para o internacional, recuperamos praticamente todos os destinos e estamos renovando a redução do ICMS do querosene. Estamos alinhando operações para transformar Brasília em um hub de cargas”, apresentou.

Para a reunião de fechamento anual, o secretário William Almeida convidou instituições, representantes de entidades, jornalistas e influenciadores do turismo. A embaixada da Argentina esteve representada pela ministra conselheira Maria Emília Cortes, que destacou a parceria entre os países na divulgação dos destinos: “A Setur-DF é um parceiro estratégico na promoção turística da Argentina. Este ano, trabalhamos em muitas ações conjuntas entre essa interação do setor público e o privado; achamos isso fundamental para gerar valor para a economia e destaco aqui a conquista da recuperação do voo direto de Brasília para Buenos Aires”. A ministra apontou interesse em aumentar a frequência deste voo. Maria Emília Cortes parabenizou a gestão do turismo e demonstrou forte interesse em manter este relacionamento em 2023.

A promoção de Brasília também será incrementada com o recurso que estava parado no Ministério do Turismo há cerca de dois anos. Agora, ele passará a ser utilizado para contratação de agência de publicidade na divulgação do destino em mídias online e off-line. Outra conquista celebrada pelo conselho foi o projeto que vai qualificar e requalificar a mão de obra para o atendimento do trade turístico pelo programa QualificaTur. De acordo com setores do turismo, a falta de profissional qualificado atrapalha o desenvolvimento do crescimento turístico e esta conquista vai fortalecer todos os segmentos.

A mestre artesã e coordenadora do artesanato de Brasília, Roze Mendes, agradeceu a oportunidade de estar, pela primeira vez, participando da reunião do Condetur, acompanhada de mais duas artesãs. “Estar aqui é uma conquista para o artesanato”, disse, reforçando a recente entrega, pela Setur, do Espaço Cultural do Turismo e Artesanato, localizado na 507 Sul, no prédio que foi reformado, grafitado por artistas renomados de regiões administrativas, e que será o principal ponto de apoio para a economia criativa, fomentando o turismo. “Agora temos um espaço para qualificar nosso trabalho, realizar reuniões, palestras, feiras, tudo isso graças ao trabalho da Setur”, comemora Roze.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do DF (ABIH), Henrique Severien, agradeceu a parceria da Secretaria de Turismo, ressaltou o trabalho do GDF para o fortalecimento do turismo e reforçou a preparação do setor da hotelaria para receber os turistas neste final de ano.

Por Agência Brasília

Foto: Henrique Moreis/Setur / Reprodução Agência Brasília