Ibaneis fala em desenvolver educação do DF

Comentário vem em meio a posse do ministro da Educação, Camilo Santana. Governador quer recuperar o tempo perdido com a covid

0
199

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que pretende melhorar a educação local com a ajuda do novo ministro da Educação, Camilo Santana, que assumiu o cargo em cerimônia em Brasília nesta segunda-feira (02/01).

De acordo com Ibaneis, a educação é uma das áreas que foi mais abalada por conta da pandemia. “Nós tivemos uma perda de conteúdo de todas as faixas etárias”, comentou. Assim sendo, o governador espera contar com o apoio de Camilo para elevar o ensino do DF tendo como inspiração o trabalho por ele realizado no Estado do Ceará. “É com muita esperança que recebemos a presença do ministro.”

Camilo Santana é ex-governador do Ceará e, agora, no cargo de ministro da Educação, deve trabalhar lado a lado com a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, escolhida por Ibaneis Rocha para seguir comandando a pasta em seu segundo mandato. Hélvia, que também é professora, assumiu o cargo em julho de 2021, poucos dias antes da retomada das aulas presenciais na rede pública, durante a pandemia de Covid-19. Ela ressaltou hoje (2) que a parceria com o Ministério da Educação (MEC) sempre existiu.

Para Hélvia Paranaguá, receber Camilo Santana como ministro da Educação é motivo de felicidade e esperança. “A gente recebe com muita alegria o ministro Camilo, que tem uma experiência muito grande na área. O Ceará avançou muito nas políticas públicas, na alfabetização na idade certa, e a gente quer seguir essa parceria com o olhar sempre voltado para os estudantes para a melhoria da educação pública no país.”

Hélvia ainda afirmou que o reforço na merenda escolar e a retomada de obras em creches e escolas paradas são exemplos de melhorias ocorridas no Ceará e planejadas para o futuro da Educação no Distrito Federal.

Por Letícia Mirelly do Jornal de Brasília

Foto: Luis Fortes/MEC / Reprodução Jornal Brasília