Edison Garcia é reconduzido à presidência da CEB

Gestor será responsável pela instalação de energia fotovoltaica na administração pública e por tornar o DF 100% iluminado por LED

0
196

Atual presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Edison Garcia será reconduzido ao cargo pelo governador Ibaneis Rocha. A comunicação ocorreu após reunião no gabinete do chefe do Executivo na manhã desta segunda-feira (20).

“O Edison tem feito um belíssimo trabalho à frente da CEB, seja na modernização da iluminação em todo o DF, seja na privatização da CEB”Ibaneis Rocha, governador

Edison Garcia preside a CEB desde 2019 e o atual mandato vence em abril próximo. Desta forma, a manutenção ou a troca seria necessária nas próximas semanas. Como reconhecimento pelo trabalho à frente da companhia, Ibaneis Rocha optou por manter o gestor e toda a atual diretoria. Agora, os nomes propostos serão submetidos ao conselho de administração da companhia, sendo estes responsáveis por eleger a nova diretoria.

“O Edison tem feito um belíssimo trabalho à frente da CEB, seja na modernização da iluminação em todo o DF, com a troca das lâmpadas por modelos de LED, seja na privatização da CEB, que rendeu um ágio de 76% e tem permitido o investimento em obras públicas e retorno à população. Agora, ele dará seguimento a esse projeto de cuidar da iluminação de todo o DF”, argumenta o governador Ibaneis Rocha.

Entre os projetos prioritários para os próximos anos, estão a modernização da iluminação pública, com a instalação de lâmpadas LED em 100% do DF, e a instalação de usinas fotovoltaicas na administração pública, reduzindo o valor pago pelo governo no consumo de energia elétrica.

“Trabalhamos para tornar 100% do DF com iluminação LED e também na ampliação de até 20% da iluminação LED em todo o DF. Temos também um projeto para construção de uma usina fotovoltaica para a geração de energia para os órgãos do governo”, detalha Edison Garcia.

“O governador nos dá todo o apoio para trabalhar e espaço para executar o planejamento. A reunião de hoje já serviu para alinharmos o que vamos fazer nos próximos anos e como iremos fazer”Edison Garcia, presidente da CEB

Segundo o presidente da CEB, o projeto de energia fotovoltaica é inédito no país no âmbito da administração pública. Edison Garcia destaca que o GDF vai trabalhar para que até 2028 os órgãos tenham capacidade de consumir até 75% de sua energia por esse sistema. A Caesb é um grande alvo desse projeto por ser um grande consumidor de energia elétrica.

“O governador nos dá todo o apoio para trabalhar e espaço para executar o planejamento. A reunião de hoje já serviu para alinharmos o que nós vamos fazer nos próximos anos e como iremos fazer”, informa Garcia.

Edison Garcia é formado em Direito, com pós-graduação em Direito Societário. Foi procurador federal da Advocacia-Geral da União (AGU) e ocupou a presidência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) até o fim de 2018. Na sequência, assumiu a presidência da CEB no início do governo Ibaneis Rocha, em 2019.

Por Agência Brasília

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília