Liberada parcela de abril para 13.809 novos beneficiários do Prato Cheio

Com pagamento de mais R$ 3.452.250, valores concedidos pelo cartão no mês já somam quase R$ 25 milhões; no total, 100 mil famílias têm direito aos créditos no momento

0
97

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) liberou nesta terça-feira (25) o pagamento da parcela de abril para 13.809 novos beneficiários do Cartão Prato Cheio. Com essas novas inclusões, o programa, agora, beneficia cerca de 100 mil famílias no Distrito Federal com crédito de R$ 250 mensais para a compra de alimentos, o que representa um total de R$ 24.950.000. Os demais beneficiários receberam a parcela de abril no início do mês.

“O Prato Cheio foi criado para dar suporte às famílias em momento de dificuldade. Reforço sempre que esse não é um programa de transferência de renda. É um programa temporário, de nove parcelas, para que todas as famílias que precisam possam receber”Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social

Segundo a Sedes, gestora do programa, a parcela de maio será depositada para todas as 100 mil famílias no começo do próximo mês. O Cartão Prato Cheio não está habilitado para a função saque. Só pode ser utilizado no comércio de produtos alimentícios. O crédito de R$ 250 é depositado em nove parcelas mensais para as famílias em situação temporária de insegurança alimentar e nutricional.

“O Prato Cheio foi criado para dar suporte às famílias em momento de dificuldade. Reforço sempre que esse não é um programa de transferência de renda. É um programa temporário, de nove parcelas, para que todas as famílias que precisam possam receber. O benefício tem que ser solicitado no Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A cada concessão, a família precisa passar por um atendimento socioassistencial no Cras”, reitera a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Dos 13.809 novos beneficiários, 5.847 são pessoas que nunca receberam o Cartão Prato Cheio. São essas pessoas que devem retirar o cartão nas agências do Banco de Brasília (BRB) nesta semana. Para saber se foi contemplado e consultar o local de retirada do cartão, consulte o site GDF Social.

Dentre os novos contemplados, 7.962 já receberam o Prato Cheio em ciclos anteriores. Nesse caso, é só utilizar o cartão antigo, que já estará com o crédito. Não precisa ir até uma agência do BRB habilitar o cartão. Em caso de extravio do documento, o beneficiário deve solicitar um novo cartão em uma das agências bancárias.

Têm prioridade para receber o benefício as famílias monoparentais chefiadas por mulheres com crianças de até seis anos de idade e aquelas que têm na composição familiar pessoas com deficiência ou idosas. Também têm direito ao cartão pessoas em situação de rua, acompanhadas por equipes da assistência social e em processo de saída dessa condição.

*Com informações da Sedes

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Sedes / Reprodução Agência Brasília