Empreender DF vai injetar R$ 1 bilhão na economia local

Programa foi lançado segunda-feira (12/06) pelo BRB, oferecendo vários incentivos a empreendedores

0
65

O BRB lançou nesta segunda-feira (12) o Empreender DF, programa que vai injetar cerca de R$ 1 bilhão na economia local. O objetivo é facilitar à clientela o acesso a produtos e serviços financeiros, além de oferecer condições especiais para os empreendedores. É mais uma iniciativa que tem tudo para ser sucedida, como o foram, entre 2020 e 2022, os programas Supera, Acredita e Avança – que movimentaram R$ 19 bilhões, atendendo 340 mil clientes.

“Como banco público que nasceu em Brasília, temos como missão atuar em prol do desenvolvimento econômico, social e humano”, ressalta o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. “Fizemos isso durante a pandemia com os programas Supera, Acredita e Avança, e agora apresentamos o Empreender DF. Queremos impulsionar a atividade econômica por meio do setor produtivo e ajudar na geração de emprego e renda.”

Até 30 de setembro, o Empreender DF traz condições exclusivas aos clientes PJ (pessoa jurídica)  –  como taxas a partir de 1,8% a.m. para o BRB Invest, com carência de até 24 meses e prazo de quitação de até 120 meses, além de e taxas a partir de 1,85% a.m. para capital de giro, com carência de até 12 meses e prazo de até 60 meses para pagamento.

Tarifas e benefícios

Os clientes também terão tarifas reduzidas para o serviço de cobrança bancária, no valor de R$ 1,40 por boleto liquidado, e isenção tarifária para adesão ao serviço de folha de pagamento. Quem contratar o meio de pagamento BRBPAY terá taxas especiais (a partir de 0,99% a.m.) e recebimento em um dia útil. Além disso, empresas com vendas acima de R$ 10 mil por mês terão isenção de aluguel da maquineta e outras facilidades. Usuários BRBPAY contam, ainda, com um programa de relacionamento exclusivo.

 O Empreender DF foi desenvolvido em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape-DF), Câmara dos Diretores Lojistas (CDL), Federação das Associações Comerciais e Industriais do DF (Faci), Federação Interestadual das Empresas de Transporte de Cargas (Fenatac), Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do DF (Codese), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do DF (Fecomércio), Federação das Indústrias de Brasília (Fibra), Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no DF (Sebrae), além dos sindicatos vinculados às federações.

 Interessados em fazer parte do novo programa podem procurar uma agência do BRB ou contatar seu gerente de relacionamento. Conheça mais no site do Empreender DF

 *Com informações do BRB

Por Agência Brasília

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília