Programa SuperAção transforma vidas por meio da educação no DF

Iniciativa visa corrigir situação de incompatibilidade idade/ano de alunos

0
117

No coração do Distrito Federal, um programa marca a vida de estudantes, e proporciona oportunidades de crescimento e desenvolvimento. O Programa SuperAção, criado pela Secretaria de Educação do DF (SEEDF), é uma iniciativa que visa ir além do ensino convencional, oferecendo aos estudantes oportunidades de aprendizado e crescimento que transcendem as fronteiras da sala de aula e tem o objetivo de corrigir situações de incompatibilidade idade/ano dos estudantes em atraso escolar.

Com foco na promoção de habilidades socioemocionais e no desenvolvimento integral dos alunos, o programa se destaca por sua abordagem inovadora e por proporcionar experiências enriquecedoras.

Ana Carolina Tavares, diretora da Diretoria do Ensino Fundamental da SEEDF, destaca a visão por trás do programa. “O SuperAção tem como objetivo ir além do ensino formal, preparando os alunos para os desafios do mercado de trabalho, desenvolvendo habilidades que vão além dos conteúdos curriculares. Queremos formar cidadãos preparados para enfrentar os desafios da vida”.

Uma das beneficiárias do programa é a estudante Eloise Nicole Marques, do Centro de Ensino Fundamental Dra. Zilda Arns, no Paranoá. Ela compartilha a importância desta oportunidade em sua vida.

“O programa foi uma oportunidade que mudou completamente a minha perspectiva de aprendizado. Além de ampliar meus conhecimentos, me ajudou a desenvolver habilidades que não teria adquirido apenas na sala de aula regular. Aprendi a trabalhar em equipe, a lidar com desafios e a me expressar melhor. Isso fez toda a diferença na minha confiança e no meu desempenho acadêmico”, enfatizou.

Diante do sucesso do SuperAção, a SEEDF planeja expandir a iniciativa para mais escolas, alcançando um número ainda maior de estudantes. A proposta é continuar investindo em abordagens educacionais inovadoras que preparem os alunos para o mundo em constante transformação.

Articulação estratégica

O SuperAção atende tanto estudantes dos anos iniciais, quanto estudantes dos anos finais. Ele perpassa toda a etapa, a fim de promover um trabalho articulado para que as ações do ensino fundamental conversem entre si.

Ainda de acordo com a diretora, o trabalho coordenado pela diretoria de ensino fundamental é crucial para o sucesso e execução do programa. “Todas as ações são pensadas de forma articulada entre as três gerências, que ficam todas aqui dentro da diretoria de ensino fundamental. Como se trata de uma política pública abrangente e complexa, envolvendo escrituração, sistema e formação continuada, há uma articulação com as outras subsecretarias também”, afirma Ana.

Essa abordagem estratégica propõe não apenas melhorar o desempenho acadêmico, mas também reconstruir a experiência educacional dos alunos, proporcionando uma correção de fluxo e preparando-os para um futuro mais promissor.

O objetivo é moldar a forma como os estudantes encaram a educação, e também como se veem no contexto da sociedade. O DF, por meio do Programa SuperAção, está pavimentando o caminho para um futuro educacional mais dinâmico e inclusivo.

Por Agência Brasília

Foto: Álvaro Henrique/SEEDF / Reprodução Agência Brasília