Reinaugurada brinquedoteca do Hospital Regional de Ceilândia

Reforma do espaço foi feita pelo projeto Brinquedotecas Renato Russo, da ONG Amigos da Vida

0
127

Os pacientes internados na pediatria do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) agora possuem um espaço lúdico e divertido dedicado a eles. Trata-se da Brinquedoteca Renato Russo, reinaugurada nesta quarta-feira (14). A abertura contou com a presença de Carminha Manfredini, mãe do cantor Renato Russo, homenageado pela organização não governamental Amigos da Vida, responsável pela renovação do local.

O superintendente da Região de Saúde Oeste, Wendel Moreira, destacou ser uma honra receber a contribuição da ONG Amigos da Vida, além de ter um espaço com o nome de Renato Russo dentro do HRC. “Sem dúvidas, essa brinquedoteca é um acalento na alma dessas crianças, em um momento de dor e aflição, um acolhimento que as ajudam a enfrentar suas doenças no momento de internação”, afirma.

Segundo Moreira, é muito importante que haja essa cooperação técnica entre as secretarias de Saúde e de Educação, pois o local tem professores que cuidam das classes hospitalares. “Aqui, na brinquedoteca, as crianças poderão fazer suas tarefas enquanto estiverem internadas”, informa.

Para a mãe de Renato Russo, essa entrega é mais um momento feliz: “Vemos nos semblantes das crianças alegria, porque a internação é um momento muito difícil para elas e para as mães. Mas, quando estão aqui se sentem realizadas. É um momento único porque elas têm livros e brinquedos à disposição, além de contadores de histórias”.

De acordo com a professora da classe hospitalar do HRC, Muricelia Lopes, as crianças vão se beneficiar com um espaço somente para elas. “Toda a equipe da pediatria fica muito feliz em receber este espaço. Somos gratos a todos os nossos apoiadores e voluntários. Além disso, ter um espaço aberto dentro da brinquedoteca para que os pequenos possam sentir a brisa do dia, ver o raiar do sol, é um sonho”, agradece a professora.

Brinquedotecas Renato Russo

O fundador da ONG Amigos da Vida, Christiano Ramos, relata que a ideia de implantar brinquedotecas em hospitais surgiu após presenciar, durante um atendimento, crianças chorando muito e com dificuldade de terem suas veias puncionadas. “Me veio a ideia de criar a brinquedoteca, porque enquanto as crianças brincam, as enfermeiras fazem os procedimentos necessários, sem tanto sofrimento. Queremos proporcionar bem-estar”, explica.

O projeto das Brinquedotecas Renato Russo consiste na construção de brinquedotecas em hospitais públicos do Distrito Federal para assistir com atividades lúdicas, de recreação e entretenimento às crianças sob regime de internação para o tratamento do HIV/AIDS e outras doenças crônicas.

*Com informações da Secretaria da Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Tony Winston/Agência Saúde / Reprodução Agência Brasília