UnDF e Fiocruz Brasília discutem acordo de cooperação técnica

Uma minuta do plano de trabalho está sendo construída em conjunto e a estimativa é de que a parceria, envolvendo pesquisa, ensino e extensão, seja formalizada ainda este ano

0
115

Representantes do corpo técnico da Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes (UnDF) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Brasília) estiveram reunidos na sexta-feira (20), no auditório do Campus Norte da Universidade. O encontro marcou o início das tratativas para a celebração de acordo de cooperação mútua entre as instituições. Uma minuta do plano de trabalho do acordo está sendo construída em conjunto e a estimativa é de que a parceria seja formalizada em dezembro deste ano.

Para a reitora pro tempore da UnDF, Simone Benck, a viabilização da parceria é mais um momento histórico para a instituição. “O que fizermos hoje é mais um trabalho que, certamente, dará frutos para o amanhã. Estarmos juntos à Fiocruz Brasília traz uma expertise muito importante para quem pretende, como é o caso da UnDF, abrir possibilidades na área de divulgação científica, uma vez que é uma instituição com décadas de experiência e consolidada nas questões próprias de pesquisa em saúde e de formação, bem como pelo seu reconhecimento internacional”, destacou.

Durante o encontro, a diretora da Fiocruz Brasília e secretária executiva do Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), Maria Fabiana Damásio, apresentou, as linhas de atuação do órgão e os programas desenvolvidos nas áreas de ensino, pesquisa e suas aplicações no Distrito Federal. “Eu saio daqui com a esperança de que a parceria entre a Fiocruz e a UnDF seja bastante profícua. Que as ações e competências já desenvolvidas pelas duas instituições possam caminhar juntas e focadas naquilo que o Distrito Federal precisa, em especial, nas necessidades da área da saúde nas regiões administrativas”, ressaltou.

Érika Camargo, professora da área de Nutrição Clínica e Ambulatorial da UnDF e docente da pós-graduação da Fiocruz Brasília, é uma das incentivadoras da parceria. “Como estamos em processo de construção, de pensar em uma instituição diferente, entendi que a Fiocruz – com a sua expertise e infraestrutura – poderá auxiliar no crescimento da universidade”, explicou. “Existe, também, uma veia muito social na Fiocruz e penso que se encaixa perfeitamente com o que fazemos aqui na UnDF. Então, acho que será o casamento perfeito”, complementou.

A proposta que está sendo elaborada pelas duas instituições é voltada ao planejamento e à execução de atividades de ensino, pesquisa e extensão viabilizadas pela Fiocruz, a serem realizadas em conjunto com a comunidade acadêmica da UnDF e em prol do desenvolvimento social no Distrito Federal.

Algumas das ações previstas na minuta do acordo englobam a formação de docentes da UnDF e desenvolvimento curricular por meio de metodologias problematizadoras; a proposição de editais conjuntos para apoio à atividades correlatas à promoção de desenvolvimento educacional e acadêmico, provimento de bolsas de residência, extensão e pesquisa; integração de redes e sistemas de dados para promoção de pesquisa e políticas baseadas em evidências.

*Com informações da UnDF

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/UnDF / Reprodução Agência Brasília